Correta compreensão de fé e doação marca o mês do dizimista

Dízimo é resultado de crescimento na fé, oferta e agradecimento a Deus

O dízimo é um exercício de partilha em que você se coloca disponível a cuidar das dimensões missionária, caritativa, religiosa e eclesial da nossa Igreja. Todas as extensões do dízimo são um convite a sair do individualismo e agir como o Corpo Místico de Cristo.

A Igreja é essencialmente missionária, isso quer dizer que nós, os fiéis membros, devemos ser missionários também, seja na própria casa, na comunidade, na paróquia, em outra região, em outro país, pela ação, pelo testemunho, oração e também com o dízimo.

A correta compreensão do dízimo evita que ele seja proposto e assumido apenas como forma de agregar os recursos para o sustento e a manutenção das estruturas eclesiais. Entretanto, essa compreensão não expressa toda a riqueza de seu significado.

Na oração do dizimista, o agradecimento é também à comunidade de irmãos e irmãs pela possibilidade de viver juntos o mistério da fé. O dizimista é aquele que encontrou o Ressuscitado que lhe deu sentido à vida e o colocou inteiramente em sua missão. Agradecido, busca ser fiel ao seu Senhor, comprometendo-se com o dinamismo da vida cristã no mundo.

 

Publicação: Suzana Machado
Assessora de Comunicação Diocesana e Pascom
Arte:
Luiz Antoniassi
Designer Gráfico
Vídeo: João Paulo Topan Junqueira
Pascom Paróquia São Francisco de Assis

Compartilhar: