Fechamento da Porta Santa será neste domingo (20)

No próximo domingo, dia 20 de novembro, encerra-se o Ano Jubilar da Misericórdia e, com ele, acontecerá o fechamento de todas as Portas Santas do mundo todo.

Iniciado em 8 de dezembro de 2015, o Ano Jubilar da Misericórdia foi o 29° Ano Santo vivido na história da Igreja, neste, de modo especial, Francisco quis que fosse aberta em todas as Catedrais, Basílicas e Santuários do mundo, uma Porta Santa da Misericórdia, para que assim, todo o povo de Deus pudesse ter a oportunidade de atravessá-la e gozar do benefício da Indulgência Plenária.

Como no restante do mundo, a Porta Santa também será fechada neste fim de semana em nossa Diocese. O fechamento da Porta na Catedral de Umuarama será no domingo, 20, às 19h, com a Santa Missa celebrada por nosso Bispo, Dom João Mamede. Em Iporã, no Santuário de Santo Antônio, que também possui uma Porta Santa, será fechada no Domingo, às 19h30, com a Santa Missa celebrada pelo pároco, Pe. Claudemir. Já em Cianorte, no Santuário Eucarístico, o fechamento da Porta será no dia anterior, sábado, às 19h30, com a Missa celebrada pelo pároco, Pe. Sérgio.

Na última Catequese Jubilar do Ano Santo da Misericórdia, O Santo Padre encontrou-se na Praça São Pedro, Vaticano, com cerca de 30 mil fiéis e peregrinos de diversas partes do mundo, e por fim, após ter saudado todos os fiéis, dirigiu a seguinte saudação aos presentes de língua portuguesa:

“Queridos peregrinos de língua portuguesa, de coração vos saúdo a todos, desejando-vos que possais experimentar nesta peregrinação jubilar a força do Evangelho da misericórdia, que transforma, que faz entrar no coração de Deus, que nos torna capazes de perdoar e olhar o mundo com mais bondade. Que Deus abençoe a vós e as vossas famílias”.

Que concluiu a sua última Audiência Jubilar, na manhã do último sábado, 12, concedendo a todos a sua Bênção Apostólica.

Compartilhar:

Deixe um comentário

ver todos os comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados publicamente. *