Missa do dia do trabalhador reza pelas vítimas da PR-323

Católicos da Diocese de Umuarama e autoridades políticas participaram da celebração

Em comemoração ao dia de São José Operário, padroeiro do trabalhador (celebrado em 1° de maio), foi realizada a Santa Missa, que aconteceu no posto de combustível 3 Cavalos, em Umuarama-PR. A comunidade, católicos da Diocese e também autoridades políticas, participaram do evento.

O Padre Carlos Alberto de Figueiredo, afirma que esse evento é muito mais que a duplicação, “a nossa celebração eucarística é para que a gente se deixe impulsionar pela vida, que Deus nos dá através de Jesus. Nesse evento nós rezamos pelas vítimas dessa rodovia, por seus familiares e pela duplicação dela”.

Para o Padre Luiz Carlos Pintenho, que presidiu a celebração, é preciso políticas públicas que olhem por essa estrada e por esse projeto. “A cada ano nós chamamos mais atenção das autoridades e da população para essa situação. É um evento que acontece há oito anos, é apoiada por muitos padres, a comissão em prol a duplicação, políticos, a sociedade como um todo e muitos movimentos a favor”.

Sérgio Frederico, presidente da Comissão pela duplicação da PR-323, explica que um evento como esse demonstra toda reivindicação da comissão e aglomera pessoas para sensibilizar o governo do estado para entender a luta da sociedade para essa obra que é tão importante. “A questão da licitação que já havia sido feita, aconteceu pelo clamor da sociedade civil organizada, mas infelizmente não saiu do papel”.

O Presidente ainda afirmou que estão sendo executados 20 quilômetros de duplicação na rodovia, do município de Paiçandu a cidade de Doutor Camargo. “Uma licitação está em andamento para duplicar o trecho urbano de Umuarama, além de outros projetos”, conclui.

Graciele Albino do Nascimento Coelho, empresária, perdeu o esposo em acidente na PR-323 há dois anos, diz que sempre que pode está nos eventos em que reivindicam a duplicação da rodovia. “Sinto a dor de falar para a minha filha de oito anos que o pai não irá voltar para casa. Ter essa comissão desperta os nossos governantes para termos mais forças e conseguir as reivindicações”, conclui.

O Deputado Estadual Fernando Martins, afirma que essa luta pela duplicação da PR-323 surgiu antes mesmo de se tornar Deputado Estadual. “Há muitos anos estamos acompanhando o desdobramento das negociações. Tenho cobrado intensamente o atual Governador do Paraná”.

 

Fonte: Érica Bolonhezi
Jornalista e assessora de comunicação e imprensa diocesana
Fotos: Rejane Rocha
Assessora de comunicação e PASCOM diocesana

 

Compartilhar: