Paroquiano escreve texto de gratidão por esse ano

Essa pandemia, será mesmo que afastou as pessoas ou só está ensinando a darmos valor àqueles que amamos enquanto estão por perto?

2020 foi um ano marcado por inúmeros acontecimentos, um deles e que jamais será esquecido foi essa pandemia, que fez com que as pessoas se afastassem daqueles que mais amavam.
Já de um modo em particular, um trágico acidente com nosso pároco, o padre Cesar, pense em um grande susto e medo que tivemos, mas graças à misericórdia de Deus ele já está bem e voltando para nos guiar espiritualmente.
Mas acho que devemos pensar no quão Deus é bom e sabe de todas as coisas. Essa pandemia, por exemplo, será mesmo que afastou as pessoas ou só está ensinando a darmos valor àqueles que amamos enquanto estão por perto? Pois foi tendo que ficar longe que pudemos ver que precisamos uns dos outros e o amor que temos por aqueles que tivemos que nos afastar.


Já com esse acidente do nosso pároco, vejo as maravilhas que são as obras de Deus, pois foi usando de um trágico acidente com nosso irmão, que observamos como nossa igreja é bela, irmãos unidos em oração pela vida desse nosso irmão, e a igreja inteira em um lindo trabalho de união em grupo, mas assim, simples, Deus guiando e nos orientando todos os dias, já que isso é ser igreja, essa união é ser igreja, e Deus nos dando de presente pessoas como Dom João, Padre Pintenho, Padre Antonio, Padre Audinei, Padre Edvaldo, Padre Sergio, Padre Marcos, Padre Michel, Frei Fabiano, Frei Luiz Fernando, Padre João Mendes, Padre Carlos Figueiredo, que se dispuseram a vir celebrar missas nos finais de semana conosco, e também o Diácono Lourenço que se dispôs a assistir a um casamento, aprendemos muito com todos, e que continue esse trabalho lindo que vocês fazem aonde vão, que Deus e Nossa Senhora os cubra com seu manto, protegendo-lhes sempre.
Somos gratos a todos que dispuseram do seu tempo para, unidos em Cristo, estarmos aqui hoje.
Nosso muito obrigado e que Deus lhes abençoe.

Nossa paróquia estará sempre de portas abertas para recebê-los sempre que quiserem vir celebrar conosco ou vir nos visitar.
Gratidão.

Obrigado e um feliz e próspero ano novo!

 

Publicação: Érica Bolonhezi
Jornalista Diocesana e PASCOM
Texto:
Marcos Sanches
Paroquiano de São Lourenço, Distrito de Cianorte
Foto: Francislaine Sales
Pascom São Tomé

Compartilhar: